Publicidade
Fotos: Kaique Caliari/divulgação

Depois de terem passado pelo Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado Dr. Tarso de Coimbra, Escola Municipal José Mamud Assan e Escola Padrão, os animadores da Oficina da Terra art studio estão com o seu projeto AnimatériA de cinema de animação, na Escola Estadual Cleusa Lovato Caliari. O objetivo é finalizar a série de oficinas de 2018.

O AnimatériA é realizado com o patrocínio da Climepe Total, através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Poços de Caldas, e do DME no programa de patrocínio direto. Conta com uma equipe formada pelos animadores e artistas plásticos Rosana Lovato Caliari, Anderson Almeida e Kaique Caliari e com a assessoria de imprensa da jornalista Bibi Rodriguez.

Casarão Choperia

Realizar o projeto nesta escola tem um valor sentimental para Rosana Lovato, pois a escola leva o nome de sua mãe, Cleusa Lovato Calia, professora do Estado por mais de 30 anos. Nessa escola a turma da Oficina da Terra finaliza o projeto deste ano, com aulas de cinema, direcionada a cerca de 40 alunos.

O projeto ensina os participantes a produzirem curtas metragens utilizando as mais diversas técnicas de animação. Este ano, a proposta é fazer filmes em “stop motion” tendo como matéria prima a areia. Em cada um dos locais por onde passa o projeto, é proposto a produção de curtas e de parte da Vinheta AnimatériA 2018. Portanto, os alunos da EE Cleusa Lovato Caliari, serão os responsáveis por finalizar a Vinheta 2018. Finalizado, será exibido no blog do projeto e nas redes sociais da Oficina da Terra.

Este ano, os animadores da Oficina da Terra participaram o Anima Mundi 2018 e realizaram diversas mostras de cinema de animação no DIA – Dia Internacional da Animação. Isso confere mais experiência para que o projeto AnimatériA perdure por muitos e longos anos. Isso tudo e muito mais, inclusive a Vinheta 2018, pode ser conferido neste link.

*Fonte: assessoria de imprensa AnimatériA

Publicidade